Páginas

domingo, setembro 10, 2006

Intuitivo

.


Como ave que espera estações,

sei do frio e dos ventos,
do sol e das chuvas,
dos frutos,
das flores
e das primaveras.

Tudo é tempo,
é espera, é certeza.

E eu te quero.

4 comentários:

Anônimo disse...

Sendo ave, sou beija-flor,
havendo frio, ventos,
sol e chuvas,
gosto de todos mas...
Prefiro as chuvas,
são cantigas,
são aconchego,
são românticas,
frutos, sou Manga Rosa. flores, as do campo,
das primaveras o encanto...

Ainda é tempo,
te espero, é certeza?

Quero você, e elas também,
todas...Querem.

Luiz é impressionante a sua sutileza e sensibilidade para fazer poesias, você sabe usar as palavras na hora certa e lugar certo.Poeta, você fala de amor e
encontros sem cair no ridículo, usa de sensualidade e...
Luiz, seu poema "Intuitivo", é belo, não fiquei rubra, rsrsrs!!
Mas seu poema é eroticorgasmático, rsrsrs!

Parabéns poeta Luiz de Aquino!! Continue assim, você hoje está entre os melhores dos melhores poetas do país!

Beijo.

Lêida Gomes.

Saramar disse...

Incomparável certeza, bela espera, cheia de belezas, de versos.

beijo

Ritelisa disse...

Já passei pelo processo da águia.
Nasci de novo. Não há frio, vento, calor ou tempestade que me faça desistir.
Nada espero. Sigo.
Conto comigo!

Ritelisa

mpyramo@yahoo.com.br disse...

A arte mais difícil de ser alcançada é a da simplicidade. "Intuitivo" é assim: simplesmente intenso e belo. Parabéns!