Páginas

sexta-feira, abril 13, 2007

Beijo (*)



Beijo



Tocar de lábios, roçar de línguas mornas:

soma de salivas doces, acender de hormônios,


ápice de êxtases.


Tatear de peles eriçadas: sonhar o sonho

de meses e luas cheias, a esperança do encanto,


o tremor no encontro.


Algo se move em nós:

sentimos arder no peito


a chama indescritível.


No ventre, em baixo, arde feito calda

alguma coisa boa.


E nos damos de nós por inteiro.


( *) Pelo Dia Inernacional do Beijo. Poema do meu livro "Sarau" (Goiânia, 2003).

7 comentários:

Paulo Queiroz disse...

Uma poesia ardende. Beijo provoca isso mesmo, meu poeta!

Anônimo disse...

Querido poeta, boa noite e bons
beijos!!!Rs,rs,rs,rs,rs!!!
Luiz, esse seu "Beijo" é lindo e
excitante, você o descreve de forma
que nos sentitamos beijadas, ou participantes do mesmo, e essa foto que ilustra o poema é mágica e
perigosa.
Parabéns Luiz,pois, para poetisar um beijo com tanta realidade é fundamental que seja um bom beijador, e depois dessa foto, onde
você se mostra trocando um excitante e maravilhoso beijo, não nos resta dúvidas de que você é um fenômeno na arte de beijar,rs,rs,rs,rs!!!
Bons beijos a todos e mais beijos pra você!!!

Lêida Gomes.

Anônimo disse...

Caro poeta Luiz de Aquino,
Poeta, Paulo Queiroz tem razão
quando diz que "Beijo" é uma
poesia "ardente" e que um beijo
provoca tudo isso mesmo.Só, poeta, que a sua picante poesia
e mais a foto de um beijo seu, provoca mais alguma coisa.
Ahhhhhhh...poeta e comentaristas me desculpem, mas
a postagem dupla provoca uma vontade gostosa e maliciosa de fazer um excitante e demorado teste.Risssssos!!!
Parabéns poeta, sua poesia é ótima
e quente!!!
Feliz dia internacional do beijo!!!

Ana Guerreiro Carvalho.

Luiz de Aquino disse...

ANA GUERREIRO!

Por favor,escreva-me para o seguinte endereço:

poetaluizdeaquino@gmail.com

Quero discutir algumas idéias com você.

Obrigado,

Luiz de Aquino

Estrela ZEN disse...

Este poema é belíssimo e retrata com evidência as sensações transmitidas pelo beijo.
Eu particularmente adoro beijar e encontrei neste poema as características marcantes de um beijo ardente.
Beijo de língua bem provocante é sempre bem vindo quando é dado pela pessoa que amamos!!!
E você caro poeta foi muito feliz quanto ao ato de redigir tal poema, dá até vontade de provar um beijo...
Imagina só!!!!
rsrsrsrs

joão jacinto & poemas disse...

Quero agradecer a visita que fez e o depoimento deixado, no meu blog.
E ao envolver-me com prazer neste seu blog, também ligado à poesia, descobri textos e/ou poemas que me fascinaram. Confesso que este beijo é transcendente, mas humano; muito belo e sensual.
Parabéns!
Abraços poema,

João jacinto

Madalena Barranco disse...

Querido Luiz, sua linda poesia salva o romantismo em versos de carinho. Beijos!