Páginas

quinta-feira, agosto 11, 2011

Dia dos Pais


Israel de Aquino Alves


É puro, meu pai


Meu pai tem isso de ser simples.
Simplicidade demais irrita 
se não se é puro 
ou poeta 
(poeta, quando puro,  
é anjo. E eu não sou anjo 
nem puro, eu acho).


Meu pai tem tons
de som vibrante de corda e pinho 
que encantam, tão simples.
E semitons
que soam rápidos, feito surpresa.


Meu pai é simples – fala pouco 
e pouco escreve.
Ele, quando toca, me toca.


É um anjo, meu pai.

Meu pai. Agora, aos 89 aninhos...

9 comentários:

Nara Rúbia Ribeiro disse...

Que belo, Luiz! Linda e emocionada homenagem. Meus parabéns ao pai e ao filho. Nara

ELCELY disse...

LINDO E FELIZ DIA DOS PAIS. ABRAÇOS

Blog do Fausto Jaime disse...

Caro primo,
Bela homenagem a este homem especial que é o seu pai.
Um grande e fraternal abraço,
Fausto Jaime

Blog do Fausto Jaime disse...

Caro primo,
Um bela homenagem a este homem especial que é o seu pai.
Um grande e fraternal abraço,
Fausto Jaime

Mirian Oliveira disse...

Delicadeza sempre me emociona...
Linda homenagem a seu Israel!

Sueli Soares, RJ disse...

Seu pai é lindo! Beije-o muito...

Na janela disse...

Luiz,
Sempre fico com um pé atrás em homenagens com data marcada, especialmente em datas comerciais, mas não posso dizer que o teu tocar das teclas não tenha me tocado!
Um texto bonito de muita ternura expressa!
Um abraço
Marlene

MIRIAM CONSUL disse...

LUIZ, ÉS UM HOMEM FELIZ TENS PAI, TENS FILHOS, TEM CRIAÇÕES, E CRIATURAS E UM ORGULHO DANADO DE BOM, DESTE TEU PAI A QUEM AMAS SEM NEM SABER PORQUE, NOTA 11 É POUCO.

Madalena Barranco disse...

Que lindo é seu pai!! O filho, também:)

Beijos
Madalena