Páginas

sexta-feira, dezembro 25, 2009

Do poeta argentino Luis Ramirez, tradução de Urda Alice Klueger

Autoria: Luis Ramirez (Argentina)

Tradução: Urda Alice Klueger (Brasil)


ALAS


Hace tiempo, mucho tiempo

Aprendí a volar

seguí el vuelo de los Ángeles

Y los dragones


Hasta que uno a uno fueron cayendo

Y yo con ellos

La caída quebró mis alas y mis sueños

Y volví a caminar


Cada tanto levanto mis ojos

esperando ver

a un ángel o a un dragón pasar

Pero es inútil


Solo hay un vacío celeste

Donde antes estaba el cielo.



ASAS


Faz tempo, muito tempo

Aprendi a voar

Segui o vôo dos Anjos

E dos dragões


Até que um a um foram caindo

E eu com eles

A queda quebrou minhas asas e meus sonhos

E voltei a caminhar


A toda hora levanto meus olhos

Esperando ver

Um anjo ou um dragão passar

Porém é inútil


Só há um vazio celeste

Onde antes estava o céu.



Nota minha:

Acolho com alegria o poeta e o poema, trazidos a mim por um gesto carinhoso da minha amiga Urda, escritora catarinense (de Blumenau), que traduziu com sensibilidade ímpar a peça de Luís Ramirez. Por tanto gostar, publico-o.

Obrigado!

L.deA.




Um comentário:

Ivana disse...

Olá Luiz, é por isso que digo que é necessário preenchermos nossos corações com as energias do Natal, para que tenhamos um sentido na vida, que nos impulsione para frente, com amor, alegria e muita esperança. Uma boa tarde de domingo. Abraço. Ivana.